segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

CAOS em 7º no VI Ori-BTT do CPOC

os dias 12 e 13 de Dezembro, o CAOS participou com 8 atletas (6 seniores e 2 veteranos) no 6º Ori-BTT do CPOC, 3ª etapa da Taça de Portugal de Orientação em BTT, realizada na Ota.

No Sábado, os atletas tiveram que cumprir percursos de distância média, mas com desnível acentuado, num traçado que exigia leitura exímia da altimetria, elevada concentração e boa preparação física, enquanto que no Domingo, os percursos de distância longa tinham como principal característica a velocidade de execução e o elevado nível de concentração exigido…

A nível colectivo, o CAOS obteve um surpreendente 7º lugar geral entre os 35 clubes presentes, juntando ao 8º lugar obtido na Distância Média de Sábado um fantástico 7º lugar na Distância Longa de Domingo, apesar de não ter contado com as pontuações femininas da Ângela e da Margarida…

Em termos de prestações individuais dos atletas, destaque para o 5º lugar de
Luís Noronha entre 31 atletas, no escalão H35.
No percurso de distância média, após alguns erros que o levaram a perder cerca de 6 minutos para o vencedor, terminando a prova de distância média a 7:35. Na distância longa, após um percurso sem registo de erros significativos, a diferença para o 1º classificado cifrou-se em 11:00, terminando o percurso em 5º, que permitiu ascender ao 5º lugar final no escalão...

José Henrique, a competir em H40, obteve um promissor 6º lugar geral, conseguindo garantir na Distância Longa, com um 8º lugar, apesar de alguns erros, a posição que tinha conquistado brilhantemente no dia anterior (6º).



Em H21A, Nuno Pedro levou a melhor na "disputa" entre atletas do CAOS, conseguindo, na distância longa, anular a vantagem obtida por Pedro Batista. No geral, Nuno Pedro classificou-se em 8º, Pedro Batista em 14º e Alexandre Nunes em 20º, entre 44 participantes...


Margarida Colares, em Damas Elite (a competir no principal escalão feminino embora esteja ainda no seu primeiro ano de Júnior), ficou impossibilitada de discutir o pódio, após uma desconcentração na Distância Longa: não controlou um dos pontos, sendo por isso, desclassificada e ficando-se pelo 6º lugar final entre as 7 participantes.



Ângela Pedro, em D21A, regressou à Ori-BTT após paragem superior a 2 anos. Disputou apenas a prova de Distância Média, classificando-se em 9º lugar entre as 11 participantes…


Pedro Silva, competindo no exigente escalão de Elite, classificou-se em 27º entre os 32 atletas presentes…





A próxima competição de Ori-BTT realiza-se na Serra de Grândola, nos dias 16 e 17 de Janeiro.